Parcerias


Bom dia...domingo de carnaval!
Vamos para mais uma resenha da série “Desventuras em Série”
A GRUTA GORGÔNEA

Este é o 11° volume da série, e como vocês devem ter percebido, os finais nunca são felizes e neste volume aparentemente vemos no final que as coisas podem mudas
Depois que os irmãos Violet e Klaus juntamente com o amigo Quigley conseguem capturar a mais nova Baudelaire Sunny, eles se encontram agora lutando pela vida para não morrerem congelados, por uma falsa primavera que derreteu todo gelo das montanhas Mão-Morta, e desta vez quem se perde é o amigo Quigley.
No caminho eles encontram ruinas de mais um incêndio, incêndio que devastou toda uma região e se dão conta que eles ajudaram esse incêndio acontecer, claro que não de proposito.
Eles encontram um submarino que por sorte eram pessoas amigas que estavam a bordo, inclusive um  personagem bem legal que apareceu no livro Serraria Baixo-Astral.
A busca atrás do tal açucareiro continua e eles não têm tempo a perder, pois Cond Olaf também está atrás do mesmo.
Um submarino em forma de polvo se aproxima e já podemos imaginas quem está por trás dele, nada mais nada menos que o terrível Cond Olaf.
Para dar mais desespero a trama sunny precisa urgentemente tomar um antidoto para não morrer envenenada. Sem contar em mais desventuras como uma mensagem perturbadora de um amigo desaparecido.
Mais ao final, eles acreditam que podem recuperar algo chamado esperança. Mais será que podem mesmo?





Citações:  “As crianças se entreolharam frustadas. Elas não queriam ir e vir mais do que já vinham indo e vindo. Os Órfãos Baudelaire tinham a sensação de estar num incessante vaivém desde aquele dia terrível na praia,, quando suas vidas foram viradas de ponta-cabeça”.

Comentem o que estão achando das resenhas, lembrando que agora faltam apenas 2 volumes...aguardem!

Um comentário

Emy Lu disse...

Muito legal!Quase choro quando leio tudo que acontece com essas crianças!(ai que drama rsrs)
Amei!!!

Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger